Porto Velho,
Rss Canal YouTube Facebook Twitter

Silvio Santos

Colaborador do Gentedeopinião, ZEKATRACA é titular da coluna Lenha na Fogueira no jornal Diário da Amazônia. E-mail: zekatracasantos@gmail.com

CANTA MULHER

06/03/2012 - [05:37] - Cultura

 

Canções populares no Mercado Cultural

O projeto busca incentivar cada vez
mais as mulheres a participar do evento   

 O Fórum Popular de Mulheres (FPM) e o Sesc Rondônia desde ontem dia 05 realizam o projeto Canta Mulher, que em 2012 comemora 20 anos.

Com o intuito de divulgar o trabalho de artistas que atuam em Porto Velho, o projeto busca incentivar cada vez mais as mulheres (intérpretes, compositoras, atrizes, dançarinas, etc) a participar do evento que já se tornou uma tradição na primeira quinzena de março.

A cada ano o projeto Canta Mulher traz uma novidade ao público, seja em espetáculos, homenagens ou na diversidade de estilos musicais e de outras linguagens artísticas.  Em 2012, além de apresentar seis cantoras populares, o evento vai contar ainda com o destaque da música erudita, que reunirá instrumentistas e uma cantora lírica.

Além das apresentações locais, o FPM e o Sesc trazem a Porto Velho a cantora e atriz Selma Reis, com o espetáculo ‘Cabaré de Florbela’, sucesso em todo o país.

O projeto Canta Mulher este ano será realizado durante cinco dias, sendo que no dia internacional da mulher (8 de março) haverá a apresentação das cantoras Priscila Frade e Ceiça Farias, além do espetáculo com Selma Reis.

Em 2012, o Canta Mulher ainda presta homenagem aos 100 anos da lendária Estrada de Ferro Madeira Mamoré, patrimônio histórico e cultural de Porto Velho. 

Este ano, o Fórum Popular de Mulheres e o Sesc contam com a parceria da Fundação Iaripuna e com o apoio da Associação Cultural Dis-Farça.

 

PROGRAMAÇÃO

 

Data: 06 de março  

Local: Mercado Cultural

Hora: 20h

Canta Mulher: Canções Populares

Artistas: Silvia Helena, Néia Moreno e Elisa Cristina

 

Data: 07 de março  

Local: Mercado Cultural

Hora: 20h

Canta Mulher- Canções Populares

Artistas: Gioconda, Laís Fernandes e

Thina Chaves

 

Data: 08 de março   

Local: Teatro Um do Sesc Esplanada

Hora: 20h

Canta Mulher: Canções populares

Artistas: Priscilla Frade e Ceiça Farias

Show especial: Selma Reis – Cabaré de Florbela

 

Data: 09 de março 

Local: Espaço de Convivência Sesc Esplanada

Hora: 19h30

Canta Mulher- Canções Populares

Artistas: Silvia Helena, Gioconda, Neia

Moreno, Ceiça Farias, Priscilla Frade, Elisa

Cristina,Thina Chaves, Laís Fernandes, Raquel

Lyrio, Silvia Freire e Llitsia Moreno.      

 


 

O mestre de bateria Admilson Knightz o popular “Negão” da Pura Raça, nos enviou um artigo no qual faz várias observações sobre os desfiles das escolas de samba de Porto Velho,

 

*********
São observações que devem ser discutidas pela direção da Fesec e os dirigentes das escolas de samba. O mestre questiona inclusive a aplicação dos recursos recebidos pelas escolas de samba, Império do Samba, Armário Grande e Rádio Farol.

 

********
Como o artigo nos chegou impresso, solicitamos ao Admilson que nos enviassem via e-mail para publicarmos. Negão não alivia nem sua própria escola de samba Asfaltão, mais cai de elogios a escola São João Batista.

 

*********
Aliás, segundo ele, na São João Batista as únicas coisas que devem ser tratadas com maior rigor, é a Bateria “que precisa ousar maios” e o interprete Banana Split “Que precisa ter mais cuidado com a harmonia”.

 

*********
O “cecete” cai mesmo, é sobre a cabeça do Mestre Cabeleira presidente da escola de samba Acadêmicos do Armário Grande.

 

*********

O Cristóvão da Rádio Farol e o Mirim da Império do Samba também ocupam várias linhas no artigo que espero publicar ainda esta semana.

 

********
Por falar nisso, já era tempo da diretoria da Fesec juntamente com o presidente da Comissão de Julgadores Alexandre Ronald ter convocado os dirigentes das escolas de samba para uma reunião, na qual devem ser discutida as justificativas dos julgadoras para as suas notas.

 

*********
Precisamos ficar sabendo o que os julgadores escreveram a respeito de cada escola de samba, o porquê daquela nota tão baixa ao casal de Mestre Sala e Porta Bandeira da São João Batista.

 

********
E porque a Diplomatas não foi punida por desfilar com número de brincantes inferior ao exigido pelo Regulamento.

 

********
Aliás, a respeito disso, em conversa com um dirigente da Fesec ele achou estranho o Rogério Nunes presidente e representante na mesa de apuração das notas, da escola São João Batista não ter entrado com recurso questionando a falta de integrantes de alas na Diplomatas do Samba.

 

*******
A discussão sobre o julgamento das escolas de samba não pode parar quando acaba a apuração, é preciso uma reunião de avaliação.



*********
Apesar da direção da Fesec andar se vangloriando que a apuração foi coberto da mais pura tranquilidade, algumas notas e julgadores precisam ser analisadas.

 

*********
Por exemplo, julgador que dá nota dez para todas as escolas de samba, foi para avenida apenas pensando no cachê e não pensando em avaliar os desfiles.

 

*********
Outros como o Alkbal Sodré deu nota dez pra todo mundo porque não quer perder a “freguesia’, já que é proprietário do Studio Verde local onde todas as escolas de samba gravam seus sambas. Uma pessoa engajada como o Alkbal não pode e nem deve ser convocado para julgar as escolas de samba.

 

*********
A direção da Fesec está demorando muito para convocar os dirigentes para avaliar as notas dos jurados. Tão com medo de que?


*********

Enquanto isso, já está passando da hora da Secel começar a discutir o Flor do Maracujá. Ano passado em virtude da encenação da peça O Homem de Nazaré pelo Grupo Êxodo o Arraial foi realizado no mês de julho.

 

********
E este ano, qual a data do inicio do Arraial que reúne nossos melhores grupos folclóricos,

 

*********
Este ano Corpus Christi vai ser no dia 7 de junho uma quinta feira e com certeza será o inicio da encenação da peça. Aliás, caso a encenação aconteça, pois a disputa pela direção do grupo Êxodo está pegando fogo desde o Mercado Cultural até o Rio das Garças.

 

*********
Sim, acontecendo o Homem de Nazaré no começo de junho, não tem porque se realizar o Flor do Maracujá no mês de julho,


**********
Aqui vai uma sugestão ao pessoal da Secel: Uma boa data para a realização do Flor do Maracujá é no período de 22 de junho a 1º de julho. Pegamos a festa de São João e a festa de São Pedro.

 

********
Agora muito antes de se pensar na data da realização da festa, é preciso pensar como realizá-la.

 

*********
Assim sendo, o Projeto Arraial Flor do Maracujá 2012 – Centenário da Estrada de Ferro Madeira Mamoré (Com certeza esse será o nome oficial do Arraial este ano), já deveria estar na PGE para analise para que o repasse fosse feito pelo menos com 30 dias do inicio da festa.

 

**********
Nem só de Malhadinho e Flor do Campo vive o folclore de Rondônia. O Flor do Maracujá ainda é a maior estrela, basta lembrar que é transmitido para o mundo, enquanto o Duelo ainda está passando só para Rondônia.


 



 

PESQUISA

 

II Seminário Retratos da Leitura no Brasil

 

Maior e mais completo estudo dedicado a conhecer o perfil do leitor brasileiro, encomendado ao IBOPE Inteligência pelo Instituto Pró-Livro, será mostrado na cidade de Brasília.

No próximo dia 28 de março, o IPL – Instituto Pró-Livro divulga os resultados da 3ª edição da pesquisa Retratos da Leitura no Brasil, considerada o mais aprofundado estudo do mercado dedicado a conhecer o perfil do leitor brasileiro. No seminário realizado em Brasília, o levantamento será apresentado a autoridades, dirigentes, especialistas de órgãos de Educação e Cultura, entidades, estudiosos e formadores de opinião.

Para a presidente do IPL, Karine Pansa, o estudo “visa mostrar muito além do comportamento do leitor brasileiro, mas também promover reflexões e debates sobre os avanços e os impasses que os resultados revelarão”. Encomendado pela instituição junto ao IBOPE Inteligência, o encontro está marcado para as 13h15 na capital federal. “Esperamos que os cenários apresentados possam contribuir para a avaliação e a implementação de políticas públicas que melhorem os índices de leitura no Brasil”, destaca.

Dentre os aspectos levantados pela pesquisa Retrato da Leitura no Brasil, o seminário apresentará as percepções da leitura no imaginário coletivo, os perfis do leitor e do não leitor de livros e as preferências e motivações dos leitores, o que inclui os livros digitais e os canais e as formas de acesso ao livro, com destaque às bibliotecas públicas. Na apresentação, o Instituto Pró-Livro espera contar com as presenças dos Ministros da Educação e Cultura.
 

Comentários

Preencha o formulário abaixo e clique em "Comentar" para enviar seu comentário


ComentÁrios Facebook


Mais Notícias

Opinião TV

+ Vídeos
redacao@gentedeopiniao.com.br | gentedeopiniao@gmail.com
Rua Quintino Bocaiuva,3108 - Sala B - Porto Velho - Bairro: Olaria - CEP: 78900-000 - Porto Velho - RO
É autorizada a reprodução do conteúdo desta página em qualquer meio de comunicação,
eletrônico ou impresso, informando a fonte em nome de Gente de Opinião
Diretor Comercial: Luiz Carlos Ferreira - Jornalista Responsável: Luka Ribeiro - Fone: (69) 9981 9082 e (69) 9262 2007
Desenvolvimento: Rodrigo Goes e Alisson Cleiton